23 de dezembro de 2017

E quem te disse que seria fácil?


Tem uma frase interessante que sonda minha vida desde os meus 15 anos, que é a seguinte:
"Ninguém jamais conquistou alguma coisa com lágrimas", que é na realidade um trecho da obra-prima do meu querido Lewis Caroll, conhecida mundialmente como "Alice no País das Maravilhas".

Tem outra frase também, que alguém que costumava ser essencial na minha vida sempre me dizia, que é de um filme que o Will Smith estrelou em meados de 2005: "Se você quer alguma coisa, vá e lute por ela. Ponto final".

Não que eu imaginasse que a vida seria fácil após os 15. Eu sempre tive consciência de que a vida é uma jornada de batalha, com dias em que se mata um leão, ou se deleita em verdes pastos comendo framboesas (ok, confesso que a parte das framboesas fica por minha conta).

Mas você, no fundo, quer que sua vida seja como um sonho, ou o que a mídia vende por aí. Talvez sua inspiração de vida seja ser uma Kardashian (e eu não te julgo, também queria ter mais de um milhão de followers, ser dona de uma rede de restaurantes do Burger King e ter uma linha de maquiagens com meu nome), ou uma Oprah Winfrey, ou até mesmo uma Amelia Erhard. Ou quem sabe sua inspiração seja alguém menos conhecido, como um familiar, um membro falecido do seu dia-a-dia, um professor... Não faz diferença, se você sabe aonde quer chegar e de que maneira você se inspira.

O que eu quero dizer é que, a vida não é fácil. Um dia você ganha, e no outro, perde. Os altos e baixos são muito mais constantes do que se espera. E isso, meu caro leitor, não é algo ruim.

Confesso que, decisões que eu tomei ou tomaram por mim, me afetaram e ainda afetam no meu dia-a-dia. Decidir, por exemplo, me mudar para Dublin e viver a realidade irlandesa tem lá seus prós e contras. Se o seu sonho é fazer um intercâmbio, prepare-se psicologicamente, porque há muito mais monstros atrás da porta do que se imagina.

A vida, em si, é realmente um campo de batalha. E aqui, não seria diferente. Mas todos temos de ter a consciência de que, como dizia Lewis Caroll, "nada se conquista com lágrimas". Arregaçar as mangas com um propósito faz bem à alma.

Para concluir nosso pequeno texto sobre a vida, posso te dizer uma coisa? Por mais difícil que pareça estar, ou pareça ser, ou pareça se tornar, vale a pena. Nada é em vão. E um dia, você vai entender.

E você, o que pensa sobre isso?

Um comentário:

  1. Gostei do texto May. Imagino que intercâmbio realmente não seja nada fácil, mas lá na frente você irá colher frutos apetitosos disso, que lhe acompanharão pro resto da vida. A vida de ninguém é um mar de rosas e tem dias que, mesmo sem ter acontecido nada de anormal, acordamos com uma certa angústia no peito que nem sabemos de onde veio e quando pretende ir embora. Algo que eu tomei pra mima vida depois de inúmeras dificuldades e que gosto sempre de repassar para os colegas é que são nas quedas que o rio ganha energia. Beijo e Feliz Natal!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir

Últimos posts: