14 de outubro de 2017

Tudo sobre IMIGRAÇÂO: Passo-a-passo!


Tá aí um mito que persegue muita gente que nunca saiu do Brasil: como é passar pela Imigração?

Não vou dizer que é algo simples e fácil: você fica mesmo com um gelo na espinha, imaginando se alguém colocou algo na sua bolsa ou qualquer coisa do gênero. E sim, é nessas horas que você entende o quão neurótico você pode se tornar numa situação de pressão psicológica.

Eu passei por algumas imigrações nesses meus 23 anos de idade. Não foram muitas, mas o suficiente para me fazer ter algumas conclusões sobre elas. Estados Unidos, Inglaterra, França, Inglaterra de novo, e agora, Irlanda.

Lembrando que você só passa pela imigração mesmo quando você desembarca pra valer no País: não é válido se você só está lá para uma simples escala. Não se preocupe com isso! Apesar de que é sempre bom confirmar com a companhia aérea se você vai ter que pegar suas malas ou não... Mas se pegar, já sabe!



A imigração parece ser um bicho de sete cabeças, mas na hora H não é tanto assim. Esse é um diálogo comum:

"Boa tarde. Tudo bem?"
"Tudo ótimo, obrigada por perguntar"
"Qual a razão da sua vinda?"
-e é essa a hora que você responde. "Vim para Barganhar" (DOCTOR STRANGE FEELINGS) ou simplesmente você responde "vim para passear" ou estudar. Enfim.
"Você tem passagem de volta?" -Se sim, apresente-a!
"Quantos dias pretende estar no País?" -e mais uma vez, você responde
"Onde você vai ficar enquanto está aqui?"

E fim. Só aproveitar a viagem. Lembrando-se sempre de que você deve estar ciente de dar as respostas verdadeiras e corretas, e sempre te responder o que for pedido. Eles são oficiais, e se quiserem fazer com que você pareça uma ameaça, eles fazem. Portanto, respeito é sempre obrigatório!

Se a imigração por ventura começar a "embaçar" com você, significa que você não está dando as respostas concretas e eles acham que você está mentindo. Então sempre diga a verdade! Bom... Isso é uma conversa básica de um oficial da imigração com um viajante, e você já pode ficar sossegado. Entrevista no consulado americano é bem pior! hahahahha

Se tiverem alguma dúvida, postem aqui embaixo para que possamos nos ajudar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimos posts: